sábado, 19 de novembro de 2016

Papo de Torcedor VASCO – É vencer ou vencer, senão...

Após a vitória fora contra o Bragantino, o Vasco novamente decepcionou e perdeu nesse sábado (19) continuando com os mesmos 62 pontos, agora na quarta posição, dois pontos a frente do quinto colocado Náutico. Para subir a Série A, o Vasco precisa  vencer na última rodada, se empatar ou perder, dependerá de uma combinação de resultados, podendo continuar na Série B, que seria lamentável para a história de um clube que é o Vasco da Gama.

O Jogo começou com o Vasco pressionando a saída de bola, fazendo linha de 4 com Thalles, Nenê, Andrezinho e Douglas. Aos 6 minutos, Andrezinho bate falta com categoria, tira o goleiro da jogada e quase marca o primeiro. Aos 12' Thalles Recebeu bom passe de Bruno Gallo, mas pegando mal na bola e recuando para o goleiro. Aos 13', o Criciúma teve a primeira chance com o cabeceio de Jheimy cabeceia, mas pegando muito mal, aos 15' Roberto finaliza cara a cara com Martín Silva, mas o goleiro salva o Vasco no primeiro lance de perigo do adversário. Aos 18' Nenê tenta achar Thalles, mas goleiro adversário saiu bem do gol. Aos 26', outra vez Nenê, dessa vez cobrando falta, Rodrigo tenta chutar, mas pega mal na bola. Aos 33' Nenê bate falta e Madson cabeceou nas mãos do goleiro, aos 36'/ foi a vez do Criciúma, Barreto chuta, a bola bate na não mão de Rodrigo, mas juiz manda o jogo seguir e aos 41' - Ianson cabeceia com muito perigo, e Martín Silva faz grande defesa. Aos 46' Douglas aparece bem pela direita e toca para Thalles, que finaliza em cima do goleiro. No primeiro tempo, Martín Silva foi o melhor jogador do Vasco e se não fosse ele ficaria atrás do placar.O Vasco começou o jogo com duas bolas perigosas de Andrezinho, e depois disso só assustou o adversário no final.

No segundo tempo, o Vasco voltou com Yago Pikachu no lugar de Bruno Gallo. Aos 05', o Criciúma chega com perigo na bola parada, mas Martín fica com a bola, aos 07' Diguinho comente pênalti e Roberto bate e abre o placar para o Criciúma. Aos 12' Jorginho coloca Ederson no lugar do Julio César, mas o atacante sente no primeiro lance e foi substituído por Junior Dutra. No mesmo minuto, Luan recebe livre dentro da área, pecando na hora da finalização e a zaga conseguindo fazer o corte, aos 18' Nenê recebe, mas goleiro adversário fica com a bola e aos 21', o meia cruza com perigo pra área, mas zaga afasta, aos 22 bate falta, e Rodrigo cabeceia fraco, nas mãos do goleiro e aos 23 cobra falta no cantinho, e Luiz espalma para fora. Pressionando em busca do empate o Vasco vai perdendo muitas oportunidades e aos 27' Diguinho chuta de fora da área e pega mal, aos 30', foi a vez de Thalles, que chuta de fora da área, passando muito perto, aos 33', foi a vez de Madson desviando e a bola bate na trave. Mesmo com toda pressão, que quase fez o gol foi o Criciúma e aos 47' Luan comete pênalti e foi expulso da partida, mas aos Martín Silva defende mantendo o placar de 1x0 para a equipe catarinense.

Os destaques foram Andrezinho, que mesmo longe das melhores condições físicas, foi quem mais levou perigo para o Vasco em cobrança de falta na trave e outro bom chute. Caiu de rendimento no fim. O destaque foi Martín Silva, fazendo duas boas defesas e ainda pegando o pênalti de Roberto no fim. Destaques contra o Bragantino na rodada anterior, Thalles não pode reclamar das chances perdidas. Em pelo menos três momentos, recebeu a bola em boas condições, mas finalizou mal. Restando apenas uma rodada para o fim do campeonato, o Vasco jogará em casa contra o Ceará e na quarta posição, dois pontos na frente do Náutico, precisa vencer em São Januário (ou no Maracanã) para retornar à Série A 2017 e jogará sem Luan e Yago Pikachu, suspensos. Agora é o momento da desacreditada torcida para encher o estádio (seja qual ele for) e apoiar até o fim, e claro, secar a equipe do Náutico que também jogará em casa contra o Oeste, que está brigando para permanecer na Série B.

 Neizinho fez 22 pontos(Foto: Paulo Fernandes/ CRVG)
Enquanto isso no Basquete...


Se no futebol, o Vasco vem dando sofrimentos a nossa torcida, no basquete, podem ter um pouco de alegria. Após as derrotas para o Brasília e Campo Mourão, venceu a equipe do Mogi das Cruzes, invicto até então, em São Januário, na tarde deste sábado (horas antes da partida de futebol) garantindo a vitória de 94 a 70 sem grandes dificuldades. Os destaques da equipe cruzmaltina foram a dupla David Jackson e Nezinho, responsáveis de 48 pontos, sendo 26 do ala-pivô norte-americano e 22 marcados pelo armador brasileiro. Juntos, eles ainda somando 11 assistências. Com a vitória, o Vasco chega a nona posição no NBB com 50% de aproveitamento e na próxima rodada jogara contra o Basquete Cearense em casa na próxima terça-feira (22).

Siga Razão e Cultura nas Redes sociais (Facebook) (Twitter)

*José Nunes (@JosecleiNunes) é fundador e editor do blog Futebol Retrô. Escritor, graduando em história. Ama futebol, política e um bom papo de botequim.

0 comentários to “Papo de Torcedor VASCO – É vencer ou vencer, senão...”

Postar um comentário

 

Razão & Cultura Copyright © 2011 -- Template created by O Pregador -- Powered by Blogger