terça-feira, 23 de setembro de 2014

MLS - Resumo da rodada #28

Artigo publicado no blog Jovens Cronistas:Clique Aqui

Olá amigos leitores do Jovens Cronistas. Quem me acompanha as rodadas do Campeonato Argentino e o Papo de Torcedor Vasco, estreio minhas crônicas sobre as rodadas da MLS, para os amantes do futebol europeu, podemos analisar que o mercado e o famoso “soccer” vem crescendo na terra do Tio Sam. Dentro da MLS, podemos encontrar alguns jogadoes como Henry, Oba Oba Martins, Donovan que irá se aposentar após o fim da temporada, Dempsey e entre outros. A MLS chega à reta final do campeonato e assim como os torneios como NBA, NHL e NFL, a MLS também é definida por conferencia e as finais terá os playoffs, o Seattle Sounders e Los Angeles Galaxy já estão classificados. Segue abaixo as estatísticas da rodada.

Real Salt Lake 5 x 1 Colorado Rapids
Rea: Joao Plata (32'), Javier Damian Morales (34'), Chris Schuler (37’), Joe Nasco (45') e Carlos Salcedo  (63')
Col: Jose Mari (21’)
Estádio: Rio Tinto Stadium

Portland Timbers 3 x 0 Vancouver Whiteca
Por: Diego Valeri  (28'), Fanendo Adi  (66') e (69’)
Estádio: Jeld-Wen Field

Philadelphia Union 0 x 0 Houston Dynamo
Estádio: PPL Park
New York Red Bulls 4 x 1 Seattle Sounders
New: Bradley Wright-Phillips (1’), (54’) e (56’) e Tim Cahill (65')
Sea: Clint Dempsey (62’)
Estádio: Red Bull Arena

Columbus Crew 1 x 0 New England Rev
Col: Federico Higuain  (48')
Estádio: Columbus Crew

Montreal Impact 2 x 0 San Jose Earthqua
Mon: Jack McInerney  (81') e Dilly Duka  (88')
Estádio: Saputo Stadium

Chicago Fire 3 x 3 DC United
Chi: Quincy Amarikwa  (16'), Jeff Larentowicz  (32') e Matt Watson  (78')
DC: Luis Silva (39’), Luis Silva (54’) e Bobby Boswell (68’)
Estádio: Toyota Park

L.A. Galaxy 2 x 1 FC Dallas
LA: Robbie Keane (62') e Alan Gordon  (83')
FC: Blas Perez (55’)
Estádio: StubHub Center

Toronto FC 3 x 0 CD Chivas USA
Tor: Jackson (23'), Luke Moore (45') e Gilberto (54')
Estádio: BMO Field

Podemos destacar os jogos entre NY Red Bulls e Sounders, que com time misto, após o titulo da US Open CUP, foi goleado para NY após uma bela apresentação do artilheiro da competição Bradley Wright-Phillips, mas além do titulo, o Sounders mantém a liderança da Conferencia Oeste com Los Angeles Galaxy e classificado antecipado para as semifinais da MLS. Após a vitória, O NY Red Bulls ocupa a quarta posição da Conferencia Leste e oitavo na classificação geral.

Agora faltam apenas 6 rodadas para o fim da primeira fase da MLS e estarei comentando sobre as rodadas e o jogo destaque do clubes envolvendo a MLS. Até a próxima.

Curta nossa PàginaJovens Cronistas! (Clique)
Texto e Edição: Joseclei Nunes 
Foto: MLS

Resumo da rodada #8 - Torneio de Transição


Artigo publicado no blog Jovens Cronistas:Clique Aqui

Olá amigos leitores do Jovens Cronistas, estou aqui para comentar mais uma rodada do Torneio de Transição da Argentina. A rodada em si teve um dos jogos mais esperado entre River Plate e Independiente, que até então era primeiro e terceiro colocado, tivemos na rodada o clássico de La Plata entre Estudiantes e Gimnasia, além do outro invicto, o Newell’s Old Boys contra o Racing. Confira abaixo as estatísticas da rodada.
Quilmes 0 x 2 Lanús
Lan: Silvio Romero (Pen) 41' PT e Alejandro Cabral (EC) 42' PT
Estádio: Dr. José Luis Meiszner

Estudiantes 0 x 0 Gimnasia
Estádio: Ciudad de La Plata

Olimpo 1 x 0 Belgrano
Oli: Agustin Vuletich 27' ST
Estádio: Roberto Natalino Carminatti

Vélez 0 x 0 Atl. Rafaela
Estádio: José Amalfitani

Rosario Central 3 x 1 Arsenal
Ros: Damián M. Musto 21' ST, José A. Valencia 30' ST e 41' ST
Ars: Emilio J. Zelaya 6' PT
Estádio: Gigante de Arroyito

Banfield 1 x 1 Boca Juniors
Ban: Emiliano Terzaghi 44' ST
Boc: Andrés E. Chávez 20' ST
Estádio: Florencio Sola

River Plate 4 x 1 Independiente
Riv: Leonardo Pisculichi 3' PT, Ariel Rojas 37' PT, Teófilo Gutiérrez 20' ST e Rodrigo Mora 32' ST
Ind: Federico Mancuello 12' ST
Estádio: Antonio Vespucio Liberti

Def. y Justicia 1 x 3 San Lorenzo
Def: Julio C. Rodríguez 13' PT
San: Mauro Cetto 18' PT, Mauro Matos 11' ST e Enzo Kalinski 27' ST
Estádio: Norberto Tito Tomaghello

Racing Club 1 x 1 Newell`s Old Boys
Rac: Gustavo Bou 27' PT
New: Ignacio Scocco 10' PT
Estádio: Presidente Perón

Faltando onze rodadas para o fim do Campeonato, apenas River e Newell’s seguem invictos no torneio e a diferença entre ambos esta apenas em três pontos, mas o Millonario tem um jogo a menos. River é o grande favorito para a conquista do titulo, mas agora terá dois jogos fora casa contra o Arsenal e o Lanús, com a vitória sobre o Quilmes assumiu a vice-liderança e entra na briga pelo titulo. O Newell’s que em mais um empate, que agora é o quarto, ocupa a terceira posição com 15 pontos. Em breve nas próximas rodadas poderemos ver quais são os clubes que brigarão pela taca do Torneio de transição, pois teremos jogos entre os três primeiros colocados, além de termos River e Boca. Então vamos aguardar como será os próximos capítulos do torneio e até a próxima rodada.

Curta nossa PàginaJovens Cronistas! (Clique)
Texto e Edição: Joseclei Nunes 
Foto: Fox Sports

Venceu de virada e permaneceu no G4


Artigo publicado no blog Jovens Cronistas:Clique Aqui
Bem amigos leitores de Jovens Cronistas. Ontem Vasco e Náutico duelaram em São Januário, a partida válida pela rodada 24 da Série B do Campeonato Brasileira. A equipe cruzmaltina, que veio de um empate diante do Oeste, precisava em casa, vencer para permanecer no G4 e continuar na cola dos líderes, mas a partida foi sofrida e a vitória só veio aos 42 minutos com o gol de Kleber. Mesmo com a vitória, o Vasco parece que ainda não se encontrou e agora vamos esperar as próximas rodadas para ver se enfim o nosso amado clube consiga uma série de vitórias para enfim chegar a liderança.

O jogo

O primeiro tempo foi com o Vasco tentando chegar ao gol, enquanto o Náutico se fechava, tentando usar os contra-ataques para surpreender a defesa do Vasco. Os poucos momentos que o Vasco tentava chegar no gol, parava nas mãos de Julio Cesar, ex-Corinthians. As chances claras de gols começou com Náutico aos 15 minutos, com Crislan que depois passar por Lorran, chutou para a defesa de Martin Silva, depois, foi a vez de o meia Vinícius, que na primeira chance, a bola tirou tinta do travessão; na segunda, balançou as redes, mas foi flagrado em posição irregular.
Aos 44 minutos, Guiñazu fez uma linda jogada, deixando boa parte da defesa para trás, e ficou frente a frente com Júlio César, mas a bola foi para fora.

O segundo tempo começou com o Vasco pressionando, mas perdendo chances. Douglas e Kleber não conseguiam colocar a bola dentro da rede. Aos 20 minutos, Crislan apareceu na cara do gol e, ao tentar driblar Martín Silva, foi derrubado pelo goleiro dentro da área. O árbitro marcou o pênalti para o Náutico e na cobrança, o atacante Sassá bateu no mesmo canto de Silva, mas conseguiu colocar a bola no fundo das redes e deixar o Timbu à frente na contagem.

Após o gol, o Vasco pressionava, enquanto o Náutico se fechou tentando segurar o placar, mas aos 31 minutos, Thalles cruzou da direita e Dakson, que entrara entrou no segundo, se adiantou à marcação e desviou para o gol para o Vasco. Após o gol tomado, o Timbu voltou a atacar, mas aos 42, o Timbu partia para o ataque, mas com a falha, fez o Vasco partir para o Contra-ataque e após mais uma jogada de Thalles, Kleber finalizou, colocando o Vasco na frente e no sofrimento e na virada, o Vasco enfim, voltar a vencer em São Januário.

O Vasco permaneceu no G4, estando na quarta posição. Três a frente do quinto colocado Ceará e três atrás do líder Joinville. Na próxima terça, o confronto será fora, contra o Sampaio Corrêa e depois terá dois jogos em casa. Um confronto direto contra o Joinville e depois na outra semana contra o Bragantino, ambos em São Januário.

Agora amigos vascaínos, vamos torcer que o "Papai Joel" consiga resolver os problemas que o Vasco tem na defesa e nas finalizações, para enfim o Vasco chegar a liderança e começar se garantir de vez, a volta a elite, mas se continuar irregular, o sofrimento continuará, mas vamos ser confiantes e vamos torcer para nosso time até o fim.

Até o próximo papo de torcedor amigos Vascaínos. 

Imagem: AG. Estado

quarta-feira, 17 de setembro de 2014

Seattle Sounders vence Philadelphia Union na prorrogação e conquista o tetra na US Open Cup


Artigo publicado no blog Jovens Cronistas:Clique Aqui

Na noite desta terça-feira (16), no PPL Park, o Philadelphia Union e Seattle Sounders se enfrentaram na final da Lamar Hunt U.S. Open Cup. A decisão foi dramática e com os gols de Obafemi Martins e Dempsey na prorrogação, o Sounders conquistou o tetracampeonato da competição.


O jogo


A partida começou com as equipes criando boas jogadas e tentando buscar o primeiro gol. O primeiro lance de perigo foi do Seattle, com Dempsey que chutou de primeira por cima do gol. A resposta do Union veio com Wenger e um chute a perigo do gol de Macmath.


Com o jogo estava aberto e os times buscavam o gol. Evans cobrou escanteio na cabeça de Marshall que cabeceou para fora. A partir dos 30 minutos, o Philadelphia começou a pressionar o Sounders que tentava se defender das investidas. Aos 34 minutos, Edu levantou-se de cabeça uma cobrança de falta de Cristian Maidana para uma vantagem de 1-0.


No segundo tempo, o Seattle entrou com toda força para buscar o gol de empat. Aos dois minutos Chad Marshall bateu a bola para o alto. Quando ele voltou para baixo, ele, de cabeça, no quadro, forçando Zac MacMath em um salvar, mas com o gol vazio, Seattle conseguiu enfim o empate.


O Seattle continuava ir ao ataque contra Philadelphia com tiros, mas não conseguia sucesso para marcar o jogo e sacramentar a partida, mas aos 43 minutos Frei fazia uma bela defesa no chute de Pedro Ribeiro, assegurando o empate e levando o jogo para prorrogação.


No inicio do primeiro tempo da prorrogação, foi o Seattle que começou a correr atrás do segundo gol. Aos 6 minutos, Obafemi Martins tabelou com Pappa e saiu na cara do gol, o atacante encheu o pé e MacMath fez milagre. O gol da virada veio nos 11 minutos, Martins acha Dempsey em boa posição, que com tranqüilidade ampliava o placar a favor do Seattle, No fim do primeiro tempo, Pappa acertoa o travessão para o Seattle.


No segundo tempo e desesperado o Philadelphia ia para o ataque, deixando espaços na defesa, e aproveitando, o Seattlee matou o jogo. Martins disparou, ganhou na velocidade de Gaddis e deu um leve toque na saída de MacMath, fazendo o terceiro gol para a equipe visitante e com isso, o Seattle conquistava a sua quarta taça da Open Cup.


O Sounders buscará mais uma taça e no sábado, enfrentará o New York Red Bulls na Red Bull Arena. O Seattle tem três pontos de vantagem sobre o segundo lugar na luta pelo melhor colocado da na MLS, sendo o primeiro classificado para os playoffs.

Curta nossa PàginaJovens Cronistas! (Clique)
Texto e Edição: Joseclei Nunes 
Foto: Divulgação Seattle Sounders

Arbitragem erra mais uma vez, mas continuamos no G4

Artigo publicado no blog Jovens Cronistas:Clique Aqui

Olá amigos leitores do Jovens Cronistas e apaixonados pelo Vasco, mas uma vez o Vasco é prejudicado pela a arbitragem. A partida que quebrou recorde de publico na Série B, podia ter sido melhor, se não houvesse mais um erro que prejudicara o nosso querido clube. O Vasco bem que tentou correr atrás do placar, mas as defesas do goleiro Anderson impediram o Vasco de vencer a partida e iniciar a arrancada rumo ao topo do Campeonato, mas apesar do empate, o clube permanece no G4, ocupando a quarta posição, um ponto a frente do Ceará na quinta posição e quatro pontos atrás do Avaí, líder do campeonato.

O Jogo

No inicio da partida, o Vasco partiu para o ataque, e, antes do primeiro minuto, Maxí Rodriguez chutou para o gol, porém passou longe do Gol, enquanto o Oeste e aos 14 minutos, teve a oportunidade com Serginho, mas parou nas mãos de Martin Silva, mas com Aos 19 minutos, o Oeste consegue o primeiro gol após o chute de fora de área de Fabio Santos, com a bola batendo no travessão e depois na linha. A arbitragem não viu e confirmou, gerando milhares de protestos dos jogadores e da torcida.

Atrás, o Vasco tentava pressionar em busca do empate e aos 21 com Maxí Rodríguez e aos 27 com Douglas, mas o Oeste quase ampliou com Fabio Santos novamente e com Roger Gaúcho, ambos pararam nas mãos de Martin Silva. O Vasco só voltou a incomodar com 44 minutos, em um chute fraco de Maxí Rodríguez.

No segundo tempo, Joel trocou Maxí Rodríguez por Edmilson e Dakson por Aranda para tentar buscar o empate ainda no inicio da partida e no primeiro minuto, Dakson tentou empatar, mas Anderson pegou a bola com facilidade. O Vasco voltou melhor na partida, enquanto o Oeste tentava ficar na defensiva para segurar o placar, mas aos sete minutos, teve oportunidade com Denis, mas Martin Silva fez uma bela defesa. O Vasco pressionava a partida, mas o gol só veio aos 36 minutos, após derrubarem o Thalles na área, e Douglas converteu, empatando para o Vasco.

Depois do empate, o Vasco tentava pressionar para virar o jogo, mas ambas sem sucesso e o Oeste quase ampliou no fim da partida. Agora o Vasco terá quatro jogos seguidos, sendo três em São Januario e a próxima partida será contra o Náutico.

Apesar das pequenas melhorias, o Vasco ainda precisa melhorar e muito se pretende chegar à liderança. Os empates contra o Atletico Goianiense e agora com o Oeste, ainda mostra certa fragilidade da defesa e se abre o placar, se fecha, mas sempre sai no prejuízo. O ataque também não corresponde as expectativas, pois se começa atrás, tem uma dificuldade para empatar e virar o jogo, como aconteceu com o Oeste e recentemente com o ABC. Agora vamos aguardar os próximos capítulos e esperarmos que o Vasco reencontre o caminho da vitória e enfim chegue a liderança.


Curta nossa PàginaJovens Cronistas! (Clique)
Texto e Edição: Joseclei Nunes 
Foto: Edmar Barros / Futura Press

terça-feira, 16 de setembro de 2014

Análise da sétima rodada do Torneio de Transição


Artigo publicado no blog Jovens Cronistas:Clique Aqui
Olá amigos leitores do Jovens Cronistas, após a minha ausência temporária com a crônica da sexta rodada, estou de volta para fazer a análise da sétima rodada do Torneio de Transição. Faltando agora apenas doze rodadas para o fim do campeonato, já podemos ver a intenção de alguns clubes no torneio, mas para quem acompanha de fato o torneio, ainda não daria para apontar um favorito, mas o River segue na frente pela taça e mesmo com o jogo adiando devido à forte chuva em Buenos Aires, ainda permanece na liderança. Veja abaixo como foi a sétima rodada do campeonato:

Gimnasia 0 x 3 Def. y Justicia
Estádio: Juan Carmelo Zerillo
Gols: Javier O. Yacuzzi (Def, 18 PT), Mariano Barbieri (Def, 13 ST) e Javier O. Yacuzzi (Def, 18 PT).

San Lorenzo 2 x 1 Godoy Cruz
Estádio: Pedro Bidegain
Gols: Leandro M. Fernández (God, 25 PT), Néstor Ortigoza (Pen) (San, 9 ST) e Martín Cauteruccio (San, 14 ST).

Tigre 4 x 1 Rosario Central
Estádio: Coliseo de Victoria
Gols: José A. Valencia (Ros, 27 PT), Carlos A. Luna (Pen) (Tig, 39 PT), Carlos A. Luna (Tig, 47 PT), Sebastián Rincón (Tig, 11 ST) e Facundo Bertoglio (Tig, 34 ST).

Atl. Rafaela 1 x 0 Estudiantes
Estádio: Nuevo Monumental
Gol: Juan Eluchans (Pen) (Atl, 17 ST).

Independiente 5 x 3 Quilmes
Estádio: Libertadores de América
Gols: Bryan Sarmiento (Qui, 9 PT), Diego M. Rodríguez (Pen) (Ind, 26 PT e 7 ST), Claudio M. Riaño (Ind, 14 ST), Gonzalo M. Klusener (Pen) (Qui, 25 ST), Jonathan Zacaría (Qui, 40 ST), Claudio M. Riaño (Ind, 45 ST) e Federico Mancuello (Ind, 47 ST).

Lanús 1 x 0 Banfield
Estádio: Ciudad de Lanús
Gol: Silvio Romero (Lan, 2 ST).

Belgrano 1 x 0 Vélez
Estádio: Mario Alberto Kempes
Gol: Lucas Zelarayán (Bel, 13 PT).

Newell`s Old Boys 1 x 0 Olimpo
Estádio: Marcelo Bielsa
Gol: Ignacio Scocco (Pen) (New, 39 ST).

Boca Juniors 1 x 0 Racing Club*
Estádio: Alberto J. Armando
Gol: Jonathan Calleri (Boc, 25 PT).

*A partida em Boca e Racing foi suspenso aos 11 minutos do Segundo tempo devido a forte chuva em Buenos Aires, assim como a partida entre Arsenal e River.

Foram mais de 50% do campeonato e apenas River Plate e Newell’s Old Boys seguem sem derrotas, ambas ocupam primeira e segunda posição, mas o clube Millonario tem um jogo a menos devido a forte chuva neste fim de semana. Velez e Racing vem caindo na tabela e se distanciam do titulo, enquanto o Independiente chega a terceira posição, após um jogo de oito gols. Na próxima rodada teremos Racing x Newell’s e River Plate x Independiente. Será que os Leprosos e os Millonarios continuarão invictos e se distanciando dos outros clubes ou os times de Avellaneda vão vencer esses jogos e entrar definitivamente pela briga do titulo?

Curta nossa PàginaJovens Cronistas! (Clique)
Texto e Edição: Joseclei Nunes 
Fotos: ESPN

terça-feira, 9 de setembro de 2014

Virou, venceu e voltou ao G4


Artigo publicado no blog Jovens Cronistas:Clique Aqui

Depois de cinco jogos sem vitórias e depois da eliminação diante do ABC nas oitavas de final na Copa do Brasil, o Vasco consegue uma vitória diante do América MG no independência e retorna ao G4. Apesar da vitória, não foi nada fácil para a equipe cruz maltina e em um jogo de cinco gols e com chances claras de empate do coelho, por pouco a equipe ficou sem a vitória, mas ela veio e a equipo voltou a G4, com chances de assumir a liderança na próxima rodada contra o Luverdense. confira abaixo como foi a partida.


O jogo começou movimentado e no primeiro minuto, o América abriu o placar com Willians e mesmo com o gol o Coelho tentava ampliar a partida. O Vasco começou a se impor na partida e aos 13 minutos, a equipe cruzmaltina empata o jogo com Douglas Silva, após uma cobrança de Maxi Rodriguez. Com 23 minutos, foi a vez de Thalles em um belo chute, depois da assistência de Douglas. Após a virada o Vasco passou a equilibrar a partida, mas foi aos 41 minutos em uma saída precipitada do goleiro Diogo Silva que teve a bola nos pés de Obina, que empatou o jogo após driblar o goleiro vascaíno.


No segundo tempo, vimos o Vasco mais ofensivo, criando mais chances de gols e estava mais próximo do terceiro gol do que o América e aos 17 minutos, houve um lance polemico após o goleiro ter derrubado Pedro Ken na pequena área e o juiz não ter dado pênalti. O gol vascaíno só veio aos 35 minutos após uma cobrança de Rodrigo que resvalando na defesa, foi sem chance para o goleiro.


O América tentou reagir, substituindo dois jogadores, passou a pressionar o Vasco no fim da partida, mas o time da Colina conseguiu segurar a vitória e levar mais três pontos para São Januário.


Apesar da vitória, a equipe continua preocupando. O Vasco deu uma melhorada nas partidas contra ABC e contra o América Mineiro e agora vai depender do Joel Santana diante desse momento que o Vasco se encontra.


Outro fato preocupante ainda continua sendo o gol. Diante das datas FIFA que o calendário brasileiro não ajuda, a ausência de Martin Silva vem preocupando muitos torcedores. Diogo Silva não gera confiança e o Vasco conta com Jordi, que tem a preferencia da torcida para ser o substituto do goleiro uruguaio. Outra opção é o goleiro Rafael Copetti, que veio do futebol português e mesmo assim, a comissão técnica coloca Diogo como substituto imediato de Martin Silva, mas falhando constante para equipe.


Agora amigos leitores da Jovens Cronistas, vamos aguardar os próximos capítulos e como será do Vasco na direção do "Papai Joel" e vamos torcer para o Vasco permaneça no G4 para voltar definitivamente ao seu lugar.


FICHA TÉCNICA


AMÉRICA-MG 2X3 VASCO


Local: Arena Independência, em Belo Horizonte (MG)

Data-hora: 6/9/2014 - 16h10

Árbitro: Ainor Silva da Paixão (MT)

Auxiliares: Fábio Rodrigo Rubinho (MT) e Joadir Leite Pimenta (MT)

Público/Renda: Não divulgados

Cartões Amarelos: Andrei Giroto (América-MG); Guiñazú, Pedro Ken, Thalles e Diego Renan (Vasco)

GOLS: Willians, 1'/1T (1-0); Douglas Silva, 13'/1T (1-1); Thalles, 23'/1T (1-2); Obina, 41'/1T (2-2); Rodrigo, 35'/2T (2-3)


AMÉRICA-MG: Fernando Leal, Pablo, André, Adalberto e Gilson; Leandro Guerreiro, Andrei Girotto, Doriva (Raul, 23'/2T) e Renan Oliveira (Patrick, 40'/2T); Willians e Obina (Júnior Negão, 40'/2T) - Técnico: Moacir Júnior


VASCO: Diogo Silva; Diego Renan, Douglas Silva, Rodrigo e Lorran; Guiñazú, Aranda, Pedro Ken (Rafael Vaz, 49'/2T) e Douglas (Dakson, 46'/2T); Maxi Rodríguez (Rafael Silva, 19'/2T) e Thalles - Técnico: Jorge Luiz

Curta nossa PàginaJovens Cronistas! (Clique)
Texto e Edição: Joseclei Nunes 
Foto: Goal Brasil

sexta-feira, 5 de setembro de 2014

Análise da quinta rodada do Torneio de Transição e a Vitória da Argentina diante da Alemanha

Artigo publicado no blog Jovens Cronistas:Clique Aqui

Bem amigos leitores do Jovens Cronistas e amantes do futebol argentino. Estou aqui mais uma vez para fazer mais uma pequena análise da quinta rodada do torneio de transição, ou campeonato argentino. Nessa rodada recheada de clássico, incluindo o clássico de Avellaneda e a partida entre o campeão da Libertadores e o atual campeão argentino. Além disso,Rodada foirecheada de viradas, incluindo a do Boca Juniors em cima do até então líder e 100% Vélez. Agora a liderança esta com o River Plate. Segue abaixo os resultados da quinta rodada.

Gimnasia 2 x 0 Godoy Cruz
Estádio: Juan Carmelo Zerillo
Gols:Rojas (Gim, 34 PT) e Mendoza (Gim, 17 ST)

Def. y Justicia1 x 3 Rosario Central
Estádio: Norberto Tito Tomaghello
Gols: Acuna (Ros, 7 ST), Niell (Ros, 22 ST), Camacho (Def, 30 ST) e Medina (Ros, 33 ST)

Newell`s Old Boys 1 x 0 Estudiantes
Estádio: Marcelo Bielsa
Gol:Tevez (New, 26 PT)

Belgrano3 x 0 Atl. Rafaela
Estádio: Gigante de Alberdi
Gols:Pereyra (Bel 30, PT), Velazquez (Bel, 7 ST) e Aveldano (Bel, 30ST)

Independiente 2 x 1 Racing Club
Estádio: Libertadores de América
Gols: Milito (Rac, 15 PT), Penco (Ind, 25 PT) e Mancuello (Ind, 27 PT)

Boca Juniors 3 x 1 Vélez
Estádio: Alberto J. Armando
Gols: Correa (Vel, 45 PT), Diaz (Boc, 11 ST), Melli (Boc, 17 ST) e Chavez (Boc, 44 ST)

San Lorenzo 1 x 3 River Plate
Estádio:Pedro Bidegain
Gols:Matos (San, 6 PT), Pisculichi (Riv, 12 PT), Gutierrez (Riv, 14 ST) e Boye (Riv, 24 ST).

Lanús1 x 1 Olimpo
Estádio:Ciudad de Lanús
Gols: Borja, gol contra (Lan, 12 PT) e Borja (Oli, 25 ST).

Arsenal 1 x 0 Banfield
Estádio:Julio H. Grondona
Gol:Palacios

Tigre 0 x 0 Quilmes
Estádio: Coliseo de Victoria

Com apenas ¼ do campeonato, apenas River e Newells seguem invictos, porém o River é o líder do campeonato e o Newells o terceiro. Destaque para Teo Gutierrez, artilheiro do campeonato no lado do Millonario e a jovem promessa Mauricio Tevez do lado dos leprosos. Velez e Racing perderam, mas seguem na briga. A volta de Milito na academia, ajudou muito o clube de Avellaneda, mas a derrota para o Rojo, fez o Racing cair para sétimo, enquanto o Independiente esta na sexta posição. Mesmo com a derrota para o Boca, o Velez segue forte, mas caiu para segunda posição. Agora vamos aguardar como será a definição da sexta roda e abaixo segue a tabela atualizada.

Argentinos na Sulamericana
Gimnasia0 x 0 Estudiantes
Estádio: Ciudad de la Plata

Godoy Cruz 0 x 1 River Plate
Estádio: Mundialista Malvinas Argentinas
Gol: Pezzella (Riv, 45 ST)

Rosário Central 1 x 1 Boca Juniors
Estádio: Gigante de Arroyito
Gol: Marin (Boc, 37 PT) e Becker (Ros, 50 ST).

A Copa Sulamericana começou também para os argentinos. River e Boca voltam a participar juntos em torneios intercontinentais e começaram com a vitória fora de casa, com os pés na próxima fase. Outro destaque é o clássico de La Plata que pela primeira vez se enfrentam em torneios intercontinentais, mas nada foi decisivo e vamos aguardar quem irá avançar para a segunda fase do torneio.

Após a final da Copa do Mundo, Argentina e Alemanha voltaram a se encontrar, só que agora em um amistoso na casa dos alemães. Com a estreia do Tata Martino no comando da seleção e com a Alemanha toda desfalcada, a Argentina passeou, com direito a espetáculo de Di Maria, mesmo com a ausência do Messi e muito falaram que podia ser diferente na final. Mas podemos ver algumas mudanças na seleção argentina e resta saber como serão as próximas convocações de Martino, já que o próximo jogo deve ser contra o Brasil.
 
Curta nossa PàginaJovens Cronistas! (Clique)
Texto e Edição: Joseclei Nunes 
Fotos: EFE e O Globo
 

Razão & Cultura Copyright © 2011 -- Template created by O Pregador -- Powered by Blogger