segunda-feira, 25 de agosto de 2014

Ricciardo vence na Bélgica e Rosberg dispara na liderança


Artigo publicado no blog Jovens Cronistas: Clique aqui

Parecia que ia ser mais uma dobradinha da Mercedes, mas após um toque de Rosberg em Hamilton na terceira volta assim a corrida caiu no colo de Daniel Ricciardo.

A corrida:

O inicio da corrida começa com Hamilton e Vettel ultrapassando Rosberg na largada, o alemão tentou partir para cima do inglês, mas foi direto na curva e voltou para a terceira posição. Rosberg partiu para cima de Hamilton. O alemão tentou passar o companheiro por fora na segunda volta, mas acabou tocando com a asa dianteira no pneu traseiro esquerdo do inglês. Nico perdeu parte do bico, mas quem teve mais prejuízo foi Hamilton. Dando continuidade à maré de azar, o britânico teve o pneu furado e precisou dar quase uma volta completa no longo circuito de Spa para seguir para os boxes e trocar os compostos, caindo para a última posição. Enquanto isso, Rosberg assumiu a liderança. Ricciardo ultrapassou Alonso e assumiu a terceira posição. Poucas voltas depois, beneficiou-se de um erro de Vettel e subiu para segundo.

Na oitava volta, a Mercedes antecipou o primeiro pit stop de Rosberg para trocar a asa dianteira do carro. O líder do campeonato colocou um novo pneu de jogos macios e voltou na décima posição, com isso, Ricciardo assumiu a liderança, seguido de Vettel, Bottas e Alonso. A dupla da RBR foi para os boxes deixando o finlandês na ponta, seguido pelo espanhol. Mas o piloto da Ferrari foi informado que precisaria pagar um stop and go em razão de os mecânicos terem ficado mexendo em seu carro com menos de 15 segundos para a volta de apresentação com a punição que poderia ser cumprida durante a parada.

Enquanto isso, Massa estava tendo problemas na corrida por causa de detritos vindo do pneu de Hamilton, perdendo posições e chegando até a decima quarta posição, enquanto o inglês ficou com a décima sexta.
Na vigésima volta, o australiano liderava com 6 segundos de diferença, com Bottas em segundo e Rosberg em terceiro. Massa permanecia na decima quarta e Hamilton na decima sexta, mas depois em algumas voltas e com pneus novos, Rosberg conseguia a segunda posição da corrida, enquanto Hamilton decidiu abandonar a corrida na trigésima nona volta.

Nas voltas finais,  Alonso, Magnussen, Button e Vettel brigaram pela quinta posição. Os quatro se alternaram da quinta a oitava posição, com direito a fechadas do dinamarquês no espanhol e a um toque do bicampeão no alemão da RBR. Magnussen cruzou a linha em sexto, mas foi punido pela direção de prova por empurrar Alonso para a grama. O jovem da McLaren teve 20s acrescentados ao seu tempo de prova, o que o jogou para a 12ª posição. Lá na frente, Rosberg tirava quase três segundos por volta de Ricciardo, mas não foi capaz de alcançar o australiano, que recebeu a bandeirada com 3s de vantagem.

Após a corrida, farpas entre Hamilton e Rosberg voltaram, o inglês chegou a citar que a batida do alemão foi intencional por causa de uma ordem da empresa que não foi cumprida. Rosberg ampliou para 29 pontos em cima de Hamilton. Enquanto eles brigam dentro e fora dos paddocks, Ricciardo vem roubando a cena. O jovem politico australiano com seu bom sorriso é o único, fora dos pilotos da Mercedes, consegue chegar em primeiro nas corridas, mas corre por fora no campeonato, enquanto isso, Hamilton e Rosberg continuam na briga, resta saber se todos chegarão vivos até o fim da temporada e o próximo capitulo dessa história será dia 7 de setembro na Itália.

Resultado Final:

1) Daniel Ricciardo (AUS/RBR-Renault), 44 voltas em 1h24m36s556
2) Nico Rosberg (ALE/Mercedes) +3s383
3) Valtteri Bottas (FIN/Williams-Mercedes) +28s032
4) Kimi Raikkonen (FIN/Ferrari) +36s815
5) Sebastian Vettel (ALE/RBR-Renault) +52s196
6) Jenson Button (ING/McLaren-Mercedes) +54s580
7) Fernando Alonso (ESP/Ferrari) +1m01s162
8) Sergio Pérez (MEX/Force India-Mercedes) +1m04s293
9) Daniil Kvyat (RUS/STR-Renault) +1m05s347
10) Nico Hulkenberg (ALE/Force India-Mercedes) +1m05s697
11) Jean-Éric Vergne (FRA/STR-Renault) +1m11s920
12) Kevin Magnussen (DIN/McLaren-Mercedes) +54s262* (punido com acréscimo de 20s)
13) Felipe Massa (BRA/Williams-Mercedes) +1m15s975
14) Adrian Sutil (ALE/Sauber-Ferrari) +1m22s447
15) Esteban Gutiérrez (MEX/Sauber-Ferrari) +1m30s825
16) Max Chilton (ING/Marussia-Ferrari) -1 volta
17) Marcus Ericsson (SUE/Caterham-Renault) -1 volta
18) Jules Bianchi (FRA/Marussia-Ferrari) -5 voltas

Não completaram:

Lewis Hamilton (ING/Mercedes)  volta 38
Romain Grosjean (FRA/Lotus-Renault) volta 32
Pastor Maldonado (VEN/Lotus-Renault) volta 1
André Lotterer (ALE/Caterham-Renault) volta 1

Curta nossa PàginaJovens Cronistas! (Clique)

Texto e Edição: Joseclei Nunes

Foto: ESPN

0 comentários to “Ricciardo vence na Bélgica e Rosberg dispara na liderança”

Postar um comentário

 

Razão & Cultura Copyright © 2011 -- Template created by O Pregador -- Powered by Blogger